Raul Correia

Just another WordPress.com weblog

Ilha das Flores

Posted by Raul Correia em setembro 19, 2008

 

           Qual será o valor de um humano? Essa é uma pergunta que nos instiga há muito tempo. Com tantas diferenças raciais e sociais a única particularidade que está se sobressaindo é o valor financeiro possuído. A superioridade da raça humana sobre os outros animais está sendo abalada pelo o poder do dinheiro.

            A pobreza está se comprovando ser um tema atemporal, esse documentário foi gravado nos meados dos anos 80 e ainda hoje é atual. Vemos nesse, o acompanhamento de um tomate até o seu último destino e ficamos desnorteados quando nos deparamos com a situação em que muitas pessoas se encontram. Várias crianças que têm direito a um bom alimento e uma boa educação, gratuita, estão morando de forma desumana e se alimentando – isso quando conseguem um pouco daquilo que foi considerado impróprio para os porcos – de forma miserável. Mas a sociedade só tem espaço para pensar nas pessoas que durante suas vidas conseguiram obter oportunidades melhores e com isso conquistaram um status, conseguiram fazer parte da elite; enquanto essa sociedade está em casa distraída por suas novelas, uma outra sociedade está se subnutrindo do lixo e sendo tratados como tal. Transformamos-nos, por causa do capitalismo, numa sociedade de homens selvagens, do modo que consentimos que nossos semelhantes vivam de forma humilhante, sobrevivendo com o que sobra da alimentação de animais, que são considerados mais importantes do que estes, pois é partir desses animais, que seus donos conseguirão um ganho financeiro que evitará que ele também viva dessa forma miserável. Mas esse fato não é um caso isolado, temos também as pessoas que morrem diariamente nos campos de concentração, nas guerras, nas calçadas… Pessoas inocentes, em que sua única culpa foi a de não ter as oportunidades que uma “maioria” tem.

            O mundo se transforma, e essa transformação do ordinário ao extraordinário não está conseguindo englobar toda população de forma justa, essa necessidade de solucionar os mistérios da vida está esquecendo de resolver os problemas atuais. Estamos ignorando o “todo” e pensamos apenas no “eu”. Mas no final, até mesmo nós, que temos o conhecimento desses fatos, também fazemos parte dessa sociedade que prefere olhar um tubo de imagens a sair às ruas e lutar pela igualdade social.

3 Respostas to “Ilha das Flores”

  1. valdir said

    E como vamos ajudar estas crianças , se as pessoas que realmente tem dinheiro não dão nem bola,pra estas situações , preferem pegar animais e gastar muito dinheiro com eles a ajudar uma destas crianças , isso vai ficando cada vez pior parece que o ser humano não tem mais amor pelo se semelhante.

  2. daniely cutini vandermurem said

    eu sou daniely, tenho 13 anos, moro em ipatinga, minas gerais.
    e estou estudando sobre o assunto, concordo com a dua pergunta e digo o mesmo, mas acho que a soluçao seria jumtar pessoas de todo o brasil para ajudar com doaçoes, pois um dia tambem seremos ajudados…

  3. RAFAELA said

    eu sou rafaela tenho 14 anos moro em maceiò alagoas e estou estudando sobre este assunto .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: